Em julho escrevi um artigo criticando a presença dos “sobrinhos” na gestão de social media e projetos de internet de maneira geral.

Ao ser compartilhado em um grupo que congrega vários profissionais e diversos sobrinhos que discutem social media no Facebook, o que não faltou foi gente concordando, mas também muitas pessoas detonaram o texto e meu ponto de vista.

Pois então.

Semana passada tivemos um clássico exemplo do que acontece quando você deixa sua estratégia de marketing e relacionamento com os clientes na mão de um sobrinho. A loja Visou ganhou as manchetes ao, entre outros absurdos, mandar a cliente “procurar um macho”.

Em seguida a empresa soltou uma retratação pública, via Facebook.

Tudo resolvido.

Será?

Que nada! Veja na imagem abaixo o que aconteceu novamente no sábado ( dica do Jeff Paiva no Twitter).

A simpática mensagem do administrador da página diz “Vejo pessoas reclamando que o pedido não chegou, mas não recebo e-mail de nenhuma delas. Caso alguém tenha problema na compra, basta enviar seu caso para contato@visou.com.br
(dispensamos revoltadinhos não-clientes)”

Impressionante o descaso com a Marca e com os clientes!