>

(O texto abaixo foi publicado originalmente na revista ProXXIma, edição janeiro-fevereiro 2011, em uma série especial sobre como serão os próximos 5 anos no mundo digital no Brasil)
Nenhuma dessas previsões maravilhosas serão possíveis se não houver uma grande atenção com a infraestrutura da rede. E não sou eu quem está dizendo, mas sim Vint Cerf, considerado um dos pais da internet que diz que há 3 grandes ameaças ao futuro da internet:
1. Em junho de 2011 irão se esgotar todos o endereços IPv4 (na verdade já acabaram) e é necessário a rápida adoção do IPv6
2. Segurança e confiabilidade dos aplicativos e das informações que trafegam na rede. Se as pessoas não sentem-se seguras, o crescimento das transações, por exemplo, podem não atingir as expectativas
3. A infra estrutura na Rede não foi desenhada e não está preparada para a enorme adoção de acessos via dispositivos móveis.
Sobre este terceiro item, sem dúvida o lado mais óbvio do futuro é que cada vez mais os acessos serão feitos via dispositivos móveis, isso significa que as empresas precisam cada vez mais olhar como irão adaptar suas estratégias e sua presença digital nessas plataformas. Hoje é comum você fazer uma busca via celular, por exemplo, encontra uma informação ou vê uma publicidade e ao clicar é direcionado a um website e não a um mobi site, prejudicando sua experiência. A importância dos aplicativos deve crescer muito também, respondendo por boa parte da navegação das pessoas.
A publicidade por sua vez irá abraçar a mídia social, em uma combinação muito forte, que também vai mudar a forma como as pessoas se relacionam com as marcas e o Facebook terá sem dúvida um papel muito importante nisso, criando inclusive novas métricas baseadas em seu botão “I like it” por exemplo.