CPM é métrica?

Responda rápido: você ou alguma agência/anunciante que você conhece já utilizou CPM como métrica de sucesso?

Nem eu. Já vi taxa de cliques, volume de cliques, cadastros, etc, mas nunca CPM.

Porém um artigo publicado no TechCrunch este final de semana levantou esta polêmica, ao sugerir a morte do CPM.

O fato é que o artigo do Shelby Bonnie não traz nada de novo, é o que os jornalistas chamam de história requentada. Mas, como a retórica dele é muito boa, a discussão aflorou no Facebook graças ao Maurício Tortosa, que reproduziu o texto. O BlueBus traz nota sobre isso hoje inclusive.

Digo que o artigo é requentado porque as novas métricas que ele sugere não tem nada de novo, pois já estão previstas em um guideline do IAB publicado há algum tempo. O documento foca redes sociais, mas pode perfeitamente nortear a publicidade em sites “tradicionais” dentro da nova situação comentada pelo Shelby.

Agora, o CPM deve morrer? Não no curto prazo, mas Shelby tem mérito de ter usado um tema popular para fomentar uma discussão necessária.

Pelo menos ele não falou em matar o banner. 🙂

Anúncios
  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: