Twitter: qualidade ou quantidade?

Jantar com amigos. Um deles apresenta a nova namorada, que se apresenta assim: “Sou jornalista. Jornalista 2.0”.

Me acomodei na cadeira e pensei “lá vem coisa…”

Resumindo o discurso: ela trabalha monitorando blogs, comunidades e Twitter.

Fiquei curioso para saber como ela monitora o Twitter, na verdade quais os critérios adotados para saber se alguém é “monitorável”: “Ah, na verdade a gente presta atenção em quem tem muitos seguidores apenas, né…”

Pronto era a deixa que eu precisava!

E se um cara tem apenas 50 seguidores, mas entre eles estão formadores de opinião, pessoas influentes e que, eventualmente, tem centenas de seguidores? Na minha visão Twitter é qualidade e não quantidade, não acha?

Ela fez cara de “fundo infinito”…”Amor pega outra breja pra mim…”

Mudamos de assunto.

2 comentários em “Twitter: qualidade ou quantidade?

  1. Realmente a quantidade no Twitter cria apenas uma sobrecarga de informação inútil. Eu, por exemplo, sigo apenas pessoas que me trazem links ou informações úteis. UM bom exemplo de uso pode ser visto no site do insighter.org. Em um dos posts traz um vídeo do Fábio Sasso do Abduzeedo.com contando um case de sucesso na utilização do twitter. Vale a pena ver.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s