Primeiro eu li esta notícia de que a África demitiu 12 pessoas, inclusive o diretor de criação.

Aí me deparei com esta outra, que diz que a mesma África quer ficar mais “internacional” e busca um diretor de criação digital nos EUA. Para atuar no Brasil!

Gozado, sempre ouvi a mídia especializada e diversos profissionais formadores de opinião dizer que o Brasil é um dos líderes mundiais em criação digital e que nossos talentos são disputados a tapas nas grandes agências dos EUA e Europa…