Li esta notícia no iG e acho uma tacada de mestre da Microsoft: ser a busca do Blackberry pode gerar um crescimento interessante no âmbito móvel e isso pode refletir em mais pessoas adotando a solução na web via computador também.

Vai reverter o cenário de dominância do Google? Não, mas é um movimento altamente estratégico que deve agregar muito à marca Live.