Pelo menos no mercado norte-americano esta é a realidade: publicidade online está se tornando sinônimo de campanhas de performance.

Para concordar com esta afirmação basta analisar o quadro abaixo, com os dados da publicidade online nos EUA em 2007, produzidos pelo IAB e PricewaterhouseCoopers LLP.

Dos 21.2 bilhões de dólares, 51% foram investidos em modelos de performance, contra 45% no modelo CPM e 4% híbrido.

Além disso, keyword search totalizou 41% dos investimentos, mais que a soma de todas as formas de display media (patrocínios, banners, rich media e vídeo).

Outro dado que chama muito a atenção é o baixíssimo volume representado pelas campanhas de email marketing, com apenas 2% do total. Pelo visto, este é mesmo um formato sem futuro como mídia, devendo ficar restrito a ações de relacionamento.

O relatório completo está disponível no site do IAB dos EUA.