Arquivo de dezembro \27\UTC 2007

YouTube e a política (inter)nacional

O YouTube é um dos sites mais populares do Brasil, a ponto de sermos um dos poucos países do mundo a ter uma versão local.

Muito se fala do poder dos vídeos online e aparentemente por aqui ainda não se descobriu uso melhor do YouTube do que disponibilizar vídeos pessoais, curtas (um vídeo brasileiro foi vencedor de um concurso mundial promovido pelo site) e algumas ações publicitárias.

Lá fora não: esta semana foi inaugurado o canal oficial da monarquia britânica, que inclui até mesmo um vídeo de 1917 mostrando um passeio da então esposa do rei Eduardo VII e o primeiro vídeo da atual rainha transmitindo sua mensagem de Natal, em 1957.

Enquanto isso, nos EUA, há um canal específico sobre as eleições presidenciais que acontecem ano que vem, onde os eleitores podem ver vídeos de todos os pré-candidatos, gravados a partir de debates promovidos pelo site e CNN.

Não precisa ser o Duda Mendonça para saber da força que a internet tem em campanhas políticas e o quanto ela pode contribuir para a imagem de figuras públicas. Vamos ver se alguém abre os olhos por aqui…

1 comentário

Frase do dia

“It is true that most users will not click on paid ads. However, as any expert in paid search marketing will tell you, we do not want “most” users—we want buyers. If your paid search ads are targeted with specific keywords and well placed on the search result page, then some buyers will click on your ads.”

John Ellis, Senior Online Marketing Manager, ResortQuest Vacation Rentals.
(parte de post originalmente publicado no Search Engine Land)

Deixe um comentário

Comentários sobre o Search Insider Summit

Debates extremamente interessantes, palestrantes qualificados e platéia seleta tornam o SIS um evento de primeira linha.

Leia meus comentários completos no Search Now.

Deixe um comentário

Segunda estou de volta

Desculpem a falta de posts esta semana. Volto ao Brasil segunda-feira e atualizarei sobre o Search Insider Summit, que aconteceu esta semana.

Deixe um comentário

2007, o ano que a internet saiu do computador

O Pedro Cabral, que dispensa apresentações, desde 2005 fala dos “teleinterativos”, os novos consumidores que passam boa parte do seu dia (e da vida) em frente a uma tela – do computador, do celular, do iPod, do painel eletrônico… e agora, desde o último final de semana, podemos finalmente incluir a TV digital, que um dia também poderá se interativa.

Está certo que, como atualmente não temos nenhum Assis Chateaubriand para comprar set-up boxes e distribuir por aí e por não haver conteúdo relevante e interativo disponível, muito pouca gente já vai sentir o gostinho da mudança. Mas o caminho está aberto. Aliás, foi aberto pela Sky, ao lançar o Sky+ há algum tempo.

Meu ponto é que 2007 foi o ano da consolidação da internet fora do computador – no celular, no painel eletrônico dos elevadores, no cinema e, claro, na TV.

Leia o artigo completo no Webinsider.

Deixe um comentário

Here comes another bubble (vídeo)

Deixe um comentário

MyLocation do Google funcionando bem demais

Você já deve ter lido sobre o novo recurso da versão mais atual do Google Maps para celular, o My Location.

O sistema simula um GPS em seu telefone e dá sua localização em um mapa com margem de erro de aproximadamente 1.000 metros.

Ok, a margem de erro é muito maior que um GPS, mas instalei no meu BlackBerry e funciona super bem. E até agora com margem mínima de diferença da localização exata.

O grande mistério para os fabricantes de celular e operadoras é como o Google está se utilizando do sistema de triangulação das antenas.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: