Arquivo de abril \30\UTC 2012

Adnetworks&exchanges: a semana de 22/04-28/04

Como anda o mercado display na China

Quer saber como anda o mercado lá? Leia a entrevista do CTO da iPinyou para o Adexchanger.

Você dá tapa em outdoor?

Não é de hoje que eu critico o click-through como métrica de campanha. Agora a comScore lança outro estudo que desmistifica ainda mais o CTR. Leia mais no AdAge. Sobre o tapa em outdoor: é a metáfora que sempre uso para justificar porque clicar não é o mais importante. Afinal, quando você vê um outdoor, não para o carro, desce, dá um tapa nele e vai ao supermercado comprar o produto anunciando, não é mesmo?

Quer saber mais sobre Real Time Bidding?

Blog do Google traz bastante conteúdo interessante.

Cookies são os vilões da publicidade?

Aparentemente sim, haja visto os debates sobre privacidade, onde eles são sempre os culpados. Mas será mesmo? Leia no Digiday um bom texto comparando cookies com spam.

Uma aula sobre audiência

Texto excelente do Caíque Severo, veterano do mercado de mídia online desde os tempos do ZAZ (atual Terra), onde ele detalha os principais conceitos de métricas de audiência. Vale ler!

Embarco hoje para Londres onde irei acompanhar a primeira conferência do IAB inglês sobre Real Time Advertising, que rola dia 2 de maio. Acompanhe no Twitter.

, , , ,

Deixe um comentário

Adnetworks&exchanges: a semana de 15/04-21/04

Desculpem o atraso, não foi possível postar ontem.

Como anda a BlueKai?

Omar Tawakol dá um update sobre tudo que está rolando, no AdExchanger.

“Somos uma empresa de tecnologia, não uma agência”

Palavras do sempre simpático Dave Moore, CEO da 24/7 Realmedia sobre uma dúvida cada vez maior sobre o papel das adnetworks, com o a evolução das exchanges. Leia mais no Adexchanger.

Por que os CPCs do Google estão caindo?

Leia a análise do Business Insider.

Futuro negro para as agency trading desks?

Jake Marshall diz no Digiday que sim.

Google lança suas próprias métricas para campanhas display

Em um movimento típico, o Google segue seu próprio caminho, sem se preocupar com o mercado, e lança novas métricas e um painel de audiência. Sinal amarelo para Nielsen e comScore. Leia a introdução de Neil Mohan, o poderoso VP de Display,  no blog do Google e todos os detalhes no blog do Adwords para agências. O AdAge tem uma boa história sobre o assunto. E para fechar o assunto, um vídeo do Neil Mohan na AdAge Digital conference falando sobre o assunto.

, , , ,

Deixe um comentário

Adnetworks&exchanges: a semana de 8/04-14/04

Natural Born Clickers

Mantive o título em inglês porque gostei do trocadilho. Bom artigo de Nate Goodman no ClickZ.

31% dos anúncios online não são vistos nos EUA.

E aí, o que fazer? Mudar as métricas? Ou mudar a definição do que é um anúncio? Leia mais no AdAge.

Novos guidelines do IAB para video ads

Leia mais sobre os novos padrões do IAB e comentários no blog da DoubleClick.

Números globais da publicidade online

Ótimo para ppts ;-) via MediaPost.

Um novo modelo de private adnetwork

Muito interessante modelo que combina ponto-de-venda com mobile. Leia mais sobre a nSide no PR Web.

Críticas ao vGRP

Semana passada postei sobre o lançamento do vGRP no Brasil. Leia um belo artigo sobre porque esta pode não ser uma boa solução para as campanhas display. Via ExchangeWire.

MediaMind e 24/7 Realmedia fecham parceria

Será que chega ao Brasil? Leia mais sobre no ClickZ.

DoubleClick adexchange chega à China ( e este mês no Brasil também)

Post no blog do Google, para treinar um pouco seu mandarim :-)

, , ,

Deixe um comentário

“Mas é um ipad, não um computador”

“Desliguem seus aparelhos eletrônicos, computadores, pagers, videogames”. Mas nada sobre iPad, o que levou uma senhora a tecer este comentário do título. Ouvi a frase em um vôo internacional, coincidentemente ou não, quando estava a caminho de um evento de inovação na Suíça, o Lift 2012.

(Pagers. Quem hoje em dia ainda anda com um pager?)

Apesar de todos os discursos de que os tablets vão substituir os computadores, pessoas como a minha colega de vôo ainda os enxergam como coisas diferentes. Aliás, o pessoal da segurança dos aeroportos também, afinal você precisa tirar o notebook de sua mochila para o raio-X, mas o iPad não.

É um conceito interessante este de inovação. O que é inovação? Social media é inovação?

“Sim, mudou a forma das pessoas se relacionarem, entre si e com empresas. Mas não consigo ficar atualizado com todo o que acontece, ainda mais com o conteúdo gerado pelas pessoas via Twitter e Facebook, principalmente” você pode dizer.

Essa é uma grandes queixas hoje em dia: “information overload”.

E se eu te disser que este problema existe desde sempre e gente como Platão reclamava, em 370 antes de Cristo, que “Nossa habilidade em escrever nos impedirá de lembrar de tudo” ou então Seneca, um dos mais célebres advogados e filósofos do Império Romano, que afirmou “a abundância de livros é uma distração”. Uau!

Anais Saint Jude, diretora do BiblioTech Program na Universidade de Stanford, fez uma brilhante apresentação no Lift, com o título “From Gutenberg To Zuckerberg” e mostrou que não é de hoje que a humanidade sofre com o excesso de informação. E também que o fenômeno das redes sociais vem de muito antes do experimento dos seis graus de separação, de Milgram. O século 17, com suas diversas inovações, como a descoberta da América, as teorias de Copérnico e principalmente o surgimento da prensa de Gutenberg, trouxe uma troca de informações comparável ao que vivenciamos hoje. Claro, entre os séculos 14 e 17 era a troca de correspondências entre mercadores de Veneza até os Iluministas franceses, que cumpriam o papel do Twitter e Facebook, ao trazer notícias em informações em “tempo real.

Qual a última coisa que você faz quando acorda? Se for como eu, é pegar o celular ou o iPad e checar o Twitter e Facebook. Novidade? Que nada, Voltaire já acordava ditando cartas, como podemos comprovar na famosa pintura “Le Lever de Voltaire”.

Mas inovação está em todos os lugares. Até mesmo onde não pensamos. O dinheiro, por exemplo. Até a revolução industrial, o trabalho era algo que não existia. Você gerava recursos para sua própria sobrevivência e trocava, por exemplo, seus vegetais por um porco que iria abater para sua refeição.

Você já ouviu falar de bitcoin? É uma moeda virtual criada em 2009 baseada no conceito de P2P e que até hoje gera muita controvérsia, tendo inclusive sendo combatido nos EUA por senadores e órgãos governamentais. Adriana Jeffrieis, repórter do The New Yorker Observer, mostrou todos os lados desta controvérsia, que foi capa de revistas como FastCompany e Forbes, além de tema de um episódio recente da séria The Good Wife.

Sem dúvida a internet mudou muito o mundo, mas muitas coisas já estavam por aí, pois fazem parte da natureza humana. Recomendo a vocês acompanhar os vídeos da Lift 2012 que estão sendo postados no site vídeos.liftconference.com pois tenho certeza que irão curtir, pra usar um termo bem popular. Se tiver que escolher apenas um para assistir, não perca a apresentação do coreano Hojun Song, que construiu um satélite em casa e que irá para o espaço em agosto.

Texto publicado na revista ProXXIma de abril/2012 e no Webinsider.

,

1 Comentário

Adnetworks&exchanges: a semana de 1/04-7/04

Terry Kawaja na ad:tech

Assista no YouTube o keynote completo de Terry Kawaja. Se preferir, leia no All Voices os pontos principais abordados. E não perca o novo Lumascape.

comScore lança vGRP no Brasil

O tal do GRP da internet chegou por aqui, leia mais no ProXXIma.

Quer anunciar de graça?

Novo modelo de negócio troca inventário por case study. Leia mais no MediaPost. Será que pega?

Mercado de display no Reino Unido movimenta mais de 1 bilhão. De libras!

Confira os detalhes no Exchange Wire.

O futuro da mídia display.

Ótimo artigo no The Drum.

RTB segue crescendo na Europa

Infectious media divulgou relatório que comprova o crescimento. Mais um artigo do ExchangeWire.

, , ,

Deixe um comentário

Adnetworks&exchanges: a semana de 25/3-31/03

Estudo da comScore avalia relação entre CPM e posicionamento de anúncios

31% dos anúncios online – mesmo aqueles “above the fold” – não são visualizados. Uau! Leia no MediaPost. Aproveite e leia no Exchange Wire a entrevista com Guy Cookson, da Azullo, sobre “banner blindness”.

“GoogleMeld”será bom para o mercado?

Frank Addante, CEO da The Rubicon Project, levanta dúvidas e faz uma crítica veemente sobre a intenção do Google em combinar os serviços da Admeld com os da DoubleClick. Leitura obrigatória no Digiday.

As mudanças trazidas pelas Media Trading Desks e DSPs

Debate interessante que rolou no evento Transformation LA, em Los Angeles. Painel cheio de gente graúda!

Vale a pena desenvolver sua própria ferramenta DSP?

Quando eu trabalhava exclusivamente com Busca, esta era uma pergunta recorrente: “criar seu próprio bid manager ou usar ferramenta de mercado?” . Sempre fui a favor de comprar no mercado. E tenho a mesma opinião sobre adserver. E, claro, para compra de mídia via RTB. Sim, você pode perder algumas personalizações, mas será que eles são tão fundamentais assim? Enfim, um bom artigo sobre o assunto no Exchange Wire.

Novas métricas para campanhas display? É o que promete a DoubleClick

Minha questão é: o mercado quer e precisa de mais ou novas métricas? Leia sobre o assunto no MediaPost.

Eventos promissores sobre RTB

Um em NY, da OMMA, e outro em Londres, do IAB UK.

, , ,

Deixe um comentário

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.402 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: