Arquivo de março \30\UTC 2006

Google TV?


Pois é…segundo o próprio site, a missão do Google é “oferecer a melhor opção de busca na Internet tornando as informações mundiais acessíveis e úteis”.

Mas não é de hoje que ele vem expandindo seus tentáculos para outros meios, como rádio e mídia impressa.

Tudo indica que o próximo passo é a TV.

Resta saber até onde eles pretendem chegar :-)

1 Comentário

Quem é a SaferNet?

Ultimamente o Google tem sido destaque nas páginas policiais por conta dos pedidos do Ministério Púbico para um maior controle sobre o conteúdo publicado no Orkut. O que me chamou a atenção foi a participação de uma ONG nas denúncias, a SaferNet Brasil, de quem eu nunca havia ouvido falar.

Resolvi pesquisar.

Ao visitar o site notei que a página inicial traz em destaque apenas as notícias referentes ao Orkut. Pensei comigo: “caramba, será que as contravenções só acontecem no Orkut? Nada no Beltrano, no UOL K, no Gazzag, nos chats, nos foruns?”

Uhmm…

Também salta aos olhos o fato de não haver nenhuma identificação de quem são os membros da SaferNet e como ela é organizada. O único nome que encontrei foi o do presidente da ONG, mas isso em uma notícia publicada no site.

Uhmm…

Gostaria de saber mais sobre a SaferNet, de repente até para colaborar com ela. Afinal, todos queremos proteger nossas famílias e amigos de atos ilícitos, seja na internet ou fora deles. Mas antes, acho justo saber quem está falando por mim, correto?

3 Comentários

No Google. No iPods

Em entrevista a revista Fortune, o CEO da Microsoft Steve Ballmer disse que seus filhos são proibidos de usar Google e iPod.

Bom, pelo menos eles devem ter o novo XBox 360 de graça…
:-)

1 Comentário

Revista Época: Cada clique uma fraude

A Época desta semana traz um artigo sobre fraudes de clique (obrigado, Bebiano).

Com o crescimento das campanhas “pay-per-click” o assunto é pauta constante nos EUA e, como eu já contei aqui, gerou alguns bons debates no Search Engines Strategies NY.

A verdade é que esse tipo de fraude sempre existiu, inclusive em campanhas com banners, daí a importância de se ter um software apropriado para analisar o desempenho de suas ações de mídia – seja ela gráfica (banners) ou texto (links patrocinados).

Escrevi um artigo que será publicado na próxima edição do Conexão MSN/M&M Online e repoduzo aqui a parte final, onde alerto para os cuidados que você deve ter ao analisar suas campanhas de cliques.

Algumas formas básicas de identificar problemas nos resultados de suas campanhas por clique são:
- Volume de cliques: observe o histórico de suas campanhas. Se, inexplicavelmente, surgir uma grande variação nos cliques é bom ficar atento.
- Geografia: se você não vende produtos ao Turcomenistão ou Látvia, e passa a receber muitos cliques de lá, algo deve estar errado.
- Taxa de conversão: se em média a cada 100 cliques você gera 5 vendas e de repente esse número despenca, pode ser um problema.
- Tempo: se você recebe 100 cliques por segundo de um mesmo IP…bem, não conheço ninguém tão rápido assim.
Para prevenir dores de cabeça, utilize sempre um software de análise confiável em todas as suas campanhas. Além disso, dedique mais tempo do seu dia para estudar todas métricas disponíveis nos relatórios e não só o “click-through”.

1 Comentário

Google Scholar Br

O Google já começou a incluir nos resultados de busca conteúdo em português do projeto Google Scholar, que por aqui é chamado de Google Acadêmico .

Os resultados aparecem antes dos primeiros colocados na busca natural ( sobre isso leia o post que fala de Vertical Creep).

1 Comentário

Poucas&Boas de hoje

- Depois de lançar o Google Finance esta semana, hoje o Google entrou para a Standard & Poor’s 500 Index, que lista as 500 empresas mais importantes com ações em bolsa.

- o Yahoo e a CBS fecharam um acordo para disponibilizar online o conteúdo do famoso programa 60 Minutos.

- o MSN Adcenter corrigiu as falhas que impediam o tracking de usuários do browser Firefox.

Deixe um comentário

O que mais o Joga.com tem em comum com o Orkut

Clique na imagem para ler o texto.

Deixe um comentário

Eu tenho, você não tem: por dentro do joga.com

Pois é, já tenho meu perfil no joga.com, o novo site de relacionamento da Nike e do Google (obrigado, Emerson), e você?

Ao receber o convite e se cadastrar, se você utilizar sua conta de acesso ao Orkut o site automaticamente importa seus dados pessoais. Em seguida você preenche um cadastro nos moldes do Orkut, porém com perguntas relacionadas a futebol.

Daí…bem, se você quiser saber mais me peça um convite.
;-)

2 Comentários

Joga.com


A Nike e o Google uniram-se em uma ação especial para Copa do Mundo.

O site http://www.joga.com foi lançado semana passada: é um “Orkut da Copa”. Assim como o original, para participar é necessário receber um convite.

Como eu ainda não recebi o meu, sugiro que você leia a matéria completa na Business Week para saber de mais detalhes.

O objetivo do site é ter participantes do mundo todo, assim como era o do Orkut, que acabou por emplacar somente aqui. Um leitor no site da Business Week fez um comentário bem interessante: Google e Nike não são patrocinadores da Copa, mas Adidas e Yahoo são. Se o joga.com der certo será um baita case de marketing de guerrilha, assim como o foi o Número 1 da Brahma, lembram?

3 Comentários

Associação de Mídia Interativa muda denominação e passa a se chamar IAB Brasil

Em reunião realizada em Nova Iorque entre este que vos escreve e Greg Stuart, CEO do IAB EUA, foram acertados os detalhes do acordo que transforma a Associação de Mídia Interativa (AMI) em IAB Brasil. A AMI passa a fazer parte da rede de associações do IAB (Interactive Advertising Bureau), a mais importante do mundo no segmento de mídia interativa, que conta com representações nos EUA, Austrália, Cingapura, Espanha, França, Inglaterra, Itália, México e Porto Rico, entre outros países.

A chegada do IAB ao país é um reflexo do crescimento e amadurecimento da mídia interativa ao longo dos últimos anos em nosso país. Como IAB Brasil teremos um intercâmbio maior não só com os EUA, mas também com os principais mercados do mundo. Além disso, teremos acesso a diversas informações em primeira mão que ajudarão a nortear nossas próprias iniciativas.

O Meio&Mensagem e o Caderno Propaganda&Marketing trazem matéria sobre o assunto em suas edições desta semana.

Deixe um comentário

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.402 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: